Thiago Pach 2011
 
 
           
  'Este é um dos incríveis jovens talentos do teatro musical carioca!' 
 
        Tania Brandão (Crítica de teatro, ensaísta e professora)


BIO             

               Natural do Rio de Janeiro, Thiago é ator, cantor, dramaturgo, dublador e diretor teatral. Iniciou seus estudos em teatro em 1998 na escola O'Tablado de Maria Clara Machado. Desde então participou de diversos espetáculos, entre eles "Rádio Nacional - As Ondas Que Conquistaram o Brasil", com direção de Fabio Pilar e Bibi Ferreira, "O Sonho do Cowboy" de Tim Rescala; "As Mimosas da Praça Tiradentes", com direção de Sérgio Gasparani e Sérgio Módena; "Emilinha e Marlene - As Rainha do Rádio", com direção de Antonio De Bonis; "A Revista do Ano" de Tânia Brandão e direção de Sérgio Módena"Duas Vezes Strindberg", com direção de Cico Caseiraentre outros. Se apresentou na França, Portugal, Canadá e Brasil. 

Escreveu, dirigiu e co-produziu o espetáculo musical "Todo Vagabundo Tem Seu Dia de Glória" (infanto-juvenil), pelo qual foi indicado como melhor ator, melhor diretor e melhor espetáculo (vencedor) pelo Prêmio Botequim Cultural, melhor música original (compositor) pelo Prêmio CBTIJ de Teatro e melhor produção pelo Prêmio Zilka Salaberry (dentre outras categorias).

Atualmente, dubla as vozes (música) dos personagens Rei Malvado (The Wicked King) na série de desenho animado Doutora Brinquedos (Doc McStuffins) e o poney alado Minimus na série de desenho animado Princesinha Sofia (Sofia The First) ambas da Disney.

Foi idealizador do evento Tertúlia Teatral que em  2004 e 2005 reúne novos autores teatrais e autores já consagrados, incentivando a produção de textos inéditos para o mercado teatral. Participaram do evento autores como Moacir Costa lopes (A Ostra e o Vento), Marcílo Moraes (Irmãos Coragem, Mandala, As Noivas de Copacabana), Carlos Alberto Ratton (Dois Homens Para Matar e Você Decide) e Bruna Beber (Rapapés e Apupos e Rua da Padaria), entre outros. Dirigiu a atriz Isolda Cresta no monólogo com textos de Bruna Beber. 

É autor dos textos "Assassinato no Teatro Bervelyrios" (comédia musical), "Guilhotinas" (drama); "O Apartamento" (Drama). Adaptou para o teatro o livro "O Passageiro da Nau Catarineta" (O Náufrago), de Moacir Costa Lopes; É colunista e crítico da revista virtual de arte Woo! Magazine.


Prêmios:

Melhor Espetáculo - Botequim Cultural 2015 
Todo Vagabundo Tem Seu Dia de Glória - (autor, diretor e idealizador)

*O espetáculo venceu também em outras categorias, como a de Melhor Figurino para Marcelo Marques e Melhor Visagismo 
para Mona Magalhães em ambas premiaçoes, CBTIJ e Zilka Salaberry, em 2015.

Indicações:
 
Melhor Ator - Botequim Cultural 2015 
Todo Vagabundo Tem Seu Dia de Glória

Melhor Diretor - Botequim Cultural 2015 
Todo Vagabundo Tem Seu Dia de Glória

Melhor Música Original - CBTIJ 2015  
Todo Vagabundo Tem Seu Dia de Glória

Melhor Produção - Prêmio Zilka Salaberry 2015
Todo Vagabundo Tem Seu Dia de Glória

*O espetáculo foi indicado em outras diversas categorias dos prêmios Botequim Cultural, CBTIJ e Zilka Salaberry em 2015.

 
  GALERIA TEATRAL                                                                 

 

Continuar navegando no thiagopach.com